X ANIVERSÁRIO DO CENTRO DE BIOTECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE

No dia 11 de Maio, o Centro de Biotecnologia da Universidade Eduardo Mondlane (CB-UEM), celebrou o seu 10º aniversário com a inauguração de novas instalações. A cerimónia contou com a presença da Vice-Ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional, Leda Hugo e do Magnífico Reitor da UEM, Orlando Quilambo, e seus vice-reitores, bem como membros do corpo diplomático acreditado em Moçambique, docentes, investigadores e estudantes da UEM e de outras instituições de Ensino Superior e Investigação. Portugal fez-se representar pelo seu Embaixador, José Augusto Duarte, e pelo Conselheiro para a Cooperação, Miguel Girão de Sousa. O Instituto de Investigação Científica e Tropical (IICT), um dos parceiros mais antigos do CB-UEM, marcou igualmente presença no evento, onde foi homenageado com um Certificado de Reconhecimento.

Cerimónia de abertura – Intervenção do Sr Embaixador da República Portuguesa
Cerimónia de abertura – Intervenção do Sr Embaixador da República Portuguesa

 

Na ocasião, o Embaixador de Portugal, sublinhou a importância da biotecnologia no contexto do desenvolvimento sócio-económico de Moçambique, bem como das colaborações entre os dois países na promoção da excelência científica e tecnológica através da partilha do conhecimento, internacionalização e mobilidade de estudantes, docentes e investigadores, realçando o papel do IICT neste contexto.

Ana Ribeiro e o Magnífico Reitor a cortar o bolo.
Ana Ribeiro e o Magnífico Reitor a cortar o bolo.

 

De referir que a parceria entre o ICCT e o CB-UEM envolve colaborações científicas, intercâmbio e mobilidade de cientistas (formadores e em formação) e é pelo reconhecimento da enorme valia do trabalho realizado, que tem contado desde 2011, com o financiamento da Cooperação Portuguesa. Este apoio concretiza-se directamente no mestrado em biotecnologia do CB-UEM (1ª, 2ª e 3ª edições). Através desta colaboração tem sido possível a participação regular de professores e investigadores portugueses em actividades de docência no CB-UEM, bem como a realização de estágios de estudantes deste mestrado em instituições de ensino e investigação em Portugal.

Homenagem da UEM ao IICT (Ana Ribeiro), entregue pelo Magnífico Reitor da UEM (Prof. Dr. Orlando Quilambo)
Homenagem da UEM ao IICT (Ana Ribeiro), entregue pelo Magnífico Reitor da UEM (Prof. Dr. Orlando Quilambo)
Anúncios

Orientação partilhada da tese de Mestrado em Biotecnologia de Jossias Duvane reforça a colaboração entre o CB-UEM, o ITQB-UNL e o IICT

O seu trabalho  tem por objectivo a caracterização do metaboloma das leguminosas lenhosas B. bohemii e C. mopane sujeitas a diferentes tipos de solos e regimes de fogo na reserva nacional de Niassa e no parque do Limpopo.

Trata-se de um trabalho relevante para identificação de genótipos adaptados a condições ambientais extremas, identificação de biocompostos de utilidade agrícola, nutricional, cosmética, farmacêutica ou médica, bem como na identificação de marcadores de certificação do material vegetal.

A orientação é partilhada entre entre docentes moçambicanos do Centro de Biotecnologia da UEM e portugueses do ITQB-UNL e IICT. Esta co-orientação Norte-Sul constitui uma oportunidade de intercambio cientifico-cultural entre investigadores moçambicanos e portugueses, e oferece as melhores condições de pesquisa ao estudante, que ainda beneficia da exposição a um ambiente internacional, tão importante para o sucesso da investigação científica.

“Avaliação frutícola e nutricional e potencial de conservação de frutos nativos para valorização e segurança nutricional” avança a bom ritmo

Continua a decorrer o projecto “Avaliação frutícola e nutricional e potencial de conservação de frutos nativos para valorização e segurança nutricional”, co-financiado pelo Fundo Nacional de Investigação de Moçambique (FNI) e pelo Programa FrutosNativos4SAN. A equipa inclui investigadores do Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), da Faculdade de Engenharias da Universidade Eduardo Mondlane (FE/UEM) e do Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT), que trabalham na avaliação laboratorial do valor nutricional e do potencial de conservação refrigerada em 3 espécies de fruteiras nativas (Uapaca kirkiana (massuco), Strychnos spinosa (massala), e Strychnus madagascarienesis (macuacua)) a 12ºC, 5ºC e 0ºC.

O IIAM/CIF (Centro de Investigação Florestal) foi responsável pela selecção de locais e árvores e pela colheita dos frutos. A metodologia de avaliação de qualidade foi optimizada pela FE/UEM e IICT, desde a colheita, passando pela preparação das amostras, até à realização das análises quantitativas de frutos inteiros e respectivas polpas, nomeadamente cor do fruto e da polpa; dimensões do fruto; peso do fruto; volume do fruto; percentagem de casca, polpa e sementes; acidez da polpa; pH da polpa; sólidos solúveis totais (ºBrix) da polpa; teor de humidade e actividade da água da polpa. Esta avaliação foi feita imediatamente à colheita e ao longo do tempo, nos diferentes regimes de temperatura.

A equipa da FE/UEM recebeu durante o mês de Março, dois investigadores do IICT que colaboraram no tratamento destes dados experimentais. Com base neste trabalho conjunto, está agora em curso a estimativa do diferencial de qualidade durante a conservação, para cada espécie e em cada temperatura.

Foi planeada uma acção de capacitação para dois técnicos Moçambicanos, em Portugal, a realizar no 2º trimestre de 2015, visando transferência de tecnologia em avaliação de qualidade nutricional com recurso a cromatografia líquida e espectrofotometria. Serão quantificados açúcares, vitaminas, minerais, e determinada a capacidade antioxidante nas mesmas amostras avaliadas quanto à sua composição.

nativos-blogueAvaliação físico-qúmica de frutos nativos: A) Determinação da cor da casca de frutos de Massala, B) Preparação de polpas de Maphilua, C) Determinação do volume de frutos de Massuco; D)Aspecto geral de frutos de Maphilua.

Foi ainda efectuada a colheita de Vangueria infausta (maphilua) e efectuada a caracterização físico-química dos frutos pré-conservação.