Intensificação Sustentável dos Sistemas Milho/Leguminosas em Debate em Moçambique, numa iniciativa ProIntensAfrica

O ISA-ULisboa e o ARC-LNR, em parceria com o Instituto Superior Politécnico de Manica, organizaram um workshop de actores para identificar formas de intensificação sustentável em sistemas de cultivo de milho/leguminosas, enquadrados num Pequeno Estudo de Caso do WP2 do projecto ProIntensAfrica do H2020. Este contou com o apoio do IIAM, onde se realizou o encontro, SKAN, IRRI, Fundação para a Ciência e a Tecnologia (Portugal) e da Cooperação Portuguesa e teve lugar na sede do IIAM.

Representantes da Investigação (IIAM), Academia (ISPM), Doadores (USAID) e Organizações Internacionais (FAO), a trabalhar nos sistemas de produção milho/leguminosas, reuniram-se com peritos do ProIntensAfrica para debater o que está a acontecer ao nível da transferência de tecnologia nestes  sistemas de cultivo, em Moçambique. Foram debatidos os desafios e oportunidades para a intensificação sustentável da agricultura, bem como o papel da extensão no apoio a estes sistemas. Do debate sobressaiu a necessidade de harmonizar o conceito de intensificação sustentável da agricultura e também a importância da inclusão de pequenos agricultores na elaboração de projetos de agricultura de conservação. As dificuldades na adopção deste tipo de tecnologias também foram identificadas.

A equipa organizadora irá elaborar o relatório deste workshop, que será compartilhado entre os participantes e entregue ao ProIntensAfrica, para ser incluído no seu relatório final.

 

 

English version

 

Sustainable intensification of maize/legume systems in debate in Mozambique, in a ProIntensAfrica initiative.

ISA-ULisboa and ARC-LNR in partnership with Instituto Superior Politécnico de Manica organized a workshop with Mozambican actors to identify ways for sustainable intensification of maize/legumes cropping systems, in the frame of a WP2 ProIntensAfrica Light Case Study. This was sponsored by IIAM, SKAN, IRRI, Fundação para Ciência e Tecnologia (Portugal) and the Portuguese Cooperation and took place at IIAM head quarters. 
Representatives of Research (IIAM), Academia (ISPM), Donors (USAID) and International Organizations (FAO), working in maize/legumes production, gathered with ProIntensAfrica experts to debate what is happening in technology  transfer in the maize/legumes cropping systems in Mozambique, and discuss the challenges and opportunities in sustainable intensification of agriculture. The role of extension in these systems was also tackled. Discussions faced the need to harmonize  the concept of sustainable agricultural intensification and recognized the importance of including smallholder farmers in the design of conservation agriculture projects. The difficulties to adopt these in adopting these type of technologies were also appointed.

The organizing team will elaborate a workshop report of the workshop to be shared among the participants and delivered to WP2 to be included in its final report.
Anúncios

Mais duas bolsas para a 2ª edição do TropiKMan PhD

A cooperação Portuguesa, em parceria com o IRRI, abre candidaturas para duas bolsas no âmbito do TropiKMan PhD. Consulte aqui o edital Edital_TKM_IRRI_2016

Competências Sociais para Docência no Ensino Superior na FCA-UJES

No passado dia 8 de março, teve início o 1º Curso de Formação para Monitores e Assistentes Estagiários da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade José Eduardo dos Santos. Este 1º curso, que conta com 35 alunos, começou com o módulo Competências Sociais para Docência no Ensino Superior, leccionado pelo Instituto Superior de Agronomia – Universidade de Lisboa.

As primeiras sessões deste módulo, que continuará em maio, focaram a importância da capacidade do docente interagir com a turma, as características de uma comunicação efectiva, como preparar uma aula ao nível da comunicação, conteúdo e suporte. Enfatizaram-se ainda as características da docência ao nível do ensino superior e a exigência que lhe está associada, nomeadamente ao nível do rigor, da actualidade do conteúdo, que deve estar devidamente documentado com recurso a referências locais e internacionais, e da necessidade de desenvolver nos alunos o pensamento crítico a par da aquisição de conhecimentos técnicos.

O ambiente académico foi, também, considerado um factor a trabalhar, designadamente no que respeita à interacção entre os docentes das diferentes disciplinas, à realização de seminários regulares para discutir desenvolvimentos recentes nas diferentes temáticas das ciências agrárias. O envolvimento de docentes e alunos em projectos científicos que acompanhem a actividade lectiva é um factor adicional que favorece a qualidade do ensino superior. Os referidos projectos, para além d FCA, deverão envolver outras instituições nacionais e internacionais relevantes no sector agrário.

FCA-Marco2016

2015 in review

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2015 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

A New York City subway train holds 1,200 people. This blog was viewed about 4,600 times in 2015. If it were a NYC subway train, it would take about 4 trips to carry that many people.

Click here to see the complete report.

TropiKMan PhD na perspectiva do Prof Amílcal Salumbo (FCA-UJES)

O programa doutoral em Saber Tropical e Gestão – TropiKMan PhD – arrancou no passado mês de outubro. Para esta primeira edição, foram seleccionados 7 alunos Moçambicanos, docentes de diferentes universidades de Moçambique.
De 24 a 27 de novembro, o Prof Amilcar Salumbo, da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade José Eduardo dos Santos – Angola, esteve no ISA-ULisboa, a colaborar no módulo Trends in Agronomics and Environment for Tropical Regions.
A Doutora Ana Portugal Melo, coordenadora científica do TropiKMan PhD, entrevistou o parceiro Angolano.
O TropiKMan PhD é oferecido pela Nova SBE, em parceria com o ISA-ULisboa, IHMT, FCSH, UJES, UEM, UniCV e UPretória.
http://www.novasbe.unl.pt/en/programs/phd-in-tropical-knowledge-and-management/tropikman-program

O TropiKMan PhD visto pela Prof Natasha Ribeiro (FAEF-UEM)

 

O programa doutoral em Saber Tropical e Gestão – TropiKMan PhD – arrancou no passado mês de outubro. Para esta primeira edição, foram seleccionados 7 alunos Moçambicanos, docentes de diferentes universidades de Moçambique.
De 1 a 4 de dezembro, a Prof Natasha Ribeiro, da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Eduardo Mondlane – Moçambique, esteve no ISA-ULisboa, a colaborar no módulo Trends in Agronomics and Environment for Tropical Regions.
A Prof Manuel Correia, coordenador do ISA-ULisboa para o TropiKMan PhD, entrevistou a colega Moçambicana.
O TropiKMan PhD é oferecido pela Nova SBE, em parceria com o ISA-ULisboa, IHMT, FCSH, UJES, UEM, UniCV e Pretória.
http://www.novasbe.unl.pt/en/programs/phd-in-tropical-knowledge-and-management/tropikman-program

Instalação dos ensaios de variedades de Arroz resistente à secura na Ilha de Santiago

O projeto de investigação para a introdução de variedades de Arroz resistente à secura, na Ilha de Santiago, realizado no âmbito de uma parceria entre o INIDA o ISA-ULisboa e o IRRI, conheceu uma nova etapa. No passado mês de setembro, o Prof Arlindo Lima, do ISA-ULisboa, deslocou-se a Santiago – Cabo Verde, para participar dos trabalhos do INIDA na preparação e sementeira dos campos experimentais de arroz.

Com esta experiência, a parceria acima referida coloca a questão da rentabilidade e sustentabilidade da cultura de variedades de arroz adaptadas à secura, em Cabo Verde, tendo em consideração a escassez de água disponível na Ilha de Santiago e a importância do arroz na alimentação dos Cabo-Verdianos.

Partilhamos algumas imagens dos trabalhos realizados e esperamos dar mais notícias em breve.

Diapositivo1 Diapositivo2 Diapositivo3