Mais duas bolsas para a 2ª edição do TropiKMan PhD

A cooperação Portuguesa, em parceria com o IRRI, abre candidaturas para duas bolsas no âmbito do TropiKMan PhD. Consulte aqui o edital Edital_TKM_IRRI_2016

Anúncios

Abertura de 7 bolsas para o TropiKMan PhD

Encontra-se aberto concurso para atribuição de sete (7) Bolsas de Doutoramento no âmbito do TropiKMan PhD, doutoramento FCT, em Saber Tropical e Gestão (Tropical Knowledge and Management) acolhido pela Nova School of Business and Economics (Nova SBE) http://www.novasbe.unl.pt/pt/programs/phd-in-tropical-knowledge-and-management/tropikman-program .

Edital Edital_TKM_FCT2016final (2)

Competências Sociais para Docência no Ensino Superior na FCA-UJES

No passado dia 8 de março, teve início o 1º Curso de Formação para Monitores e Assistentes Estagiários da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade José Eduardo dos Santos. Este 1º curso, que conta com 35 alunos, começou com o módulo Competências Sociais para Docência no Ensino Superior, leccionado pelo Instituto Superior de Agronomia – Universidade de Lisboa.

As primeiras sessões deste módulo, que continuará em maio, focaram a importância da capacidade do docente interagir com a turma, as características de uma comunicação efectiva, como preparar uma aula ao nível da comunicação, conteúdo e suporte. Enfatizaram-se ainda as características da docência ao nível do ensino superior e a exigência que lhe está associada, nomeadamente ao nível do rigor, da actualidade do conteúdo, que deve estar devidamente documentado com recurso a referências locais e internacionais, e da necessidade de desenvolver nos alunos o pensamento crítico a par da aquisição de conhecimentos técnicos.

O ambiente académico foi, também, considerado um factor a trabalhar, designadamente no que respeita à interacção entre os docentes das diferentes disciplinas, à realização de seminários regulares para discutir desenvolvimentos recentes nas diferentes temáticas das ciências agrárias. O envolvimento de docentes e alunos em projectos científicos que acompanhem a actividade lectiva é um factor adicional que favorece a qualidade do ensino superior. Os referidos projectos, para além d FCA, deverão envolver outras instituições nacionais e internacionais relevantes no sector agrário.

FCA-Marco2016

TropiKMan PhD na perspectiva do Prof Amílcal Salumbo (FCA-UJES)

O programa doutoral em Saber Tropical e Gestão – TropiKMan PhD – arrancou no passado mês de outubro. Para esta primeira edição, foram seleccionados 7 alunos Moçambicanos, docentes de diferentes universidades de Moçambique.
De 24 a 27 de novembro, o Prof Amilcar Salumbo, da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade José Eduardo dos Santos – Angola, esteve no ISA-ULisboa, a colaborar no módulo Trends in Agronomics and Environment for Tropical Regions.
A Doutora Ana Portugal Melo, coordenadora científica do TropiKMan PhD, entrevistou o parceiro Angolano.
O TropiKMan PhD é oferecido pela Nova SBE, em parceria com o ISA-ULisboa, IHMT, FCSH, UJES, UEM, UniCV e UPretória.
http://www.novasbe.unl.pt/en/programs/phd-in-tropical-knowledge-and-management/tropikman-program

O TropiKMan PhD visto pela Prof Natasha Ribeiro (FAEF-UEM)

 

O programa doutoral em Saber Tropical e Gestão – TropiKMan PhD – arrancou no passado mês de outubro. Para esta primeira edição, foram seleccionados 7 alunos Moçambicanos, docentes de diferentes universidades de Moçambique.
De 1 a 4 de dezembro, a Prof Natasha Ribeiro, da Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Eduardo Mondlane – Moçambique, esteve no ISA-ULisboa, a colaborar no módulo Trends in Agronomics and Environment for Tropical Regions.
A Prof Manuel Correia, coordenador do ISA-ULisboa para o TropiKMan PhD, entrevistou a colega Moçambicana.
O TropiKMan PhD é oferecido pela Nova SBE, em parceria com o ISA-ULisboa, IHMT, FCSH, UJES, UEM, UniCV e Pretória.
http://www.novasbe.unl.pt/en/programs/phd-in-tropical-knowledge-and-management/tropikman-program

Reunião com bolseiros do TropiKMan em Maputo

No passado dia 10 de setembro, as responsáveis do TropiKMan Ana Portugal Melo e Ana Isabel Ribeiro, investigadoras do ISA-ULisboa, reuniram na Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), em Maputo, com bolseiros do programa doutoral em Saber Tropical e Gestão, que terá início em Outubro.

Estiveram presentes os Mestres Aires Mbanze (UniLúrio), Ivete Maquia (UEM), João Chunga (Universidade Pedagógica) e Valter Nuaíla (UEM). Ana Gomes e Gefra Fulane justificaram a sua ausência por se poderem deslocar a Maputo.

Os estudantes demonstraram grande entusiasmo com o início do programa, sublinhando grande interesse pela interacção entre a gestão, o empreendorismo e o conhecimento científico. Têm a expectativa de que, concluído o programa, poderão contribuir para o enriquecimento das instituições Moçambicanas a que fiquem ligados. Para além do conhecimento científico que desenvolverão nas temáticas tropicais das suas teses, pelos conhecimentos em gestão. Alguns manifestaram mesmo interesse em criar empresas na área da biotecnologia e incubadoras de empresas nas universidades.

As duas responsáveis pelo programa apresentaram a sua estrutura e recordaram os seus objectivos, procurando ainda esclarecer algumas dúvidas.

Esta foi a primeira oportunidade de reunir presencialmente o grupo que também aproveitou para se conhecer.

Ficou no ar o desejo de iniciar o programa o quanto antes.

AFnetBrochura_TropiKMan1

Centro de Biotecnologia da Universidade Eduardo Mondlane orienta teses do Mestrado em Biotecnologia em parceria com instituições Portuguesas

A participação de Portugal em acções de formação avançada em Agrobiotecnologia, em Moçambique, tem vindo a ser consolidada no âmbito da Cooperação Portuguesa, através de fundos do Camões e quota Portuguesa para o CGIAR, alocada ao IRRI.

IMGP1207

Neste ano de 2015, decorrem três dissertações de Mestrado em co-orientação:

Milton Pinho – Estudo da diversidade genética de acessos de batata-doce (Ipomoea batatas (L) Lam) do banco de germoplasma de Moçambique, usando marcadores SSR (Orientação: Ana Ribeiro, IICT; Manuela Veloso, INIAV; Ivete Maquia e Ivone Muocha, CB-UEM);

Jossias Duvane – Caracterização do metaboloma de duas leguminosas lenhosas, Brachystegia bohemii e Colophospermum mopane, sujeitas a diferentes regimes de fogo (Orientação: Carla António, ITQB/UNL, Ana Ribeiro, IICT; Ivete Maquia, CB-UEM);

Jaqueline Figueiredo – Caracterização genética do parvovírus canino e avaliação do estado de protecção da população canina de Maputo (Orientação: Gertrudes Thompson, ICBAS/UP; José Fafetine, CB-UEM).

Este tipo de parcerias reveste-se da maior importância para as instituições envolvidas, nomeadamente pela oportunidade de mobilidade de docentes, investigadores e estudantes, maior abrangência das temáticas de investigação, alargamento do leque de fontes de financiamento e internacionalização das equipes envolvidas (através de publicações e comunicações). Os resultados da investigação resultante das dissertações terão aplicação na resolução de questões agrícolas, ambientais ou de saúde pública, colocando os dois países ao mais alto nível das cooperações internacionais para o desenvolvimento e espelhando o valor que o conhecimento gerado pode prestar à formação e capacitação institucional e à promoção da excelência científica no espaço da CPLP.

IMG_3606

X ANIVERSÁRIO DO CENTRO DE BIOTECNOLOGIA DA UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE

No dia 11 de Maio, o Centro de Biotecnologia da Universidade Eduardo Mondlane (CB-UEM), celebrou o seu 10º aniversário com a inauguração de novas instalações. A cerimónia contou com a presença da Vice-Ministra da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional, Leda Hugo e do Magnífico Reitor da UEM, Orlando Quilambo, e seus vice-reitores, bem como membros do corpo diplomático acreditado em Moçambique, docentes, investigadores e estudantes da UEM e de outras instituições de Ensino Superior e Investigação. Portugal fez-se representar pelo seu Embaixador, José Augusto Duarte, e pelo Conselheiro para a Cooperação, Miguel Girão de Sousa. O Instituto de Investigação Científica e Tropical (IICT), um dos parceiros mais antigos do CB-UEM, marcou igualmente presença no evento, onde foi homenageado com um Certificado de Reconhecimento.

Cerimónia de abertura – Intervenção do Sr Embaixador da República Portuguesa
Cerimónia de abertura – Intervenção do Sr Embaixador da República Portuguesa

 

Na ocasião, o Embaixador de Portugal, sublinhou a importância da biotecnologia no contexto do desenvolvimento sócio-económico de Moçambique, bem como das colaborações entre os dois países na promoção da excelência científica e tecnológica através da partilha do conhecimento, internacionalização e mobilidade de estudantes, docentes e investigadores, realçando o papel do IICT neste contexto.

Ana Ribeiro e o Magnífico Reitor a cortar o bolo.
Ana Ribeiro e o Magnífico Reitor a cortar o bolo.

 

De referir que a parceria entre o ICCT e o CB-UEM envolve colaborações científicas, intercâmbio e mobilidade de cientistas (formadores e em formação) e é pelo reconhecimento da enorme valia do trabalho realizado, que tem contado desde 2011, com o financiamento da Cooperação Portuguesa. Este apoio concretiza-se directamente no mestrado em biotecnologia do CB-UEM (1ª, 2ª e 3ª edições). Através desta colaboração tem sido possível a participação regular de professores e investigadores portugueses em actividades de docência no CB-UEM, bem como a realização de estágios de estudantes deste mestrado em instituições de ensino e investigação em Portugal.

Homenagem da UEM ao IICT (Ana Ribeiro), entregue pelo Magnífico Reitor da UEM (Prof. Dr. Orlando Quilambo)
Homenagem da UEM ao IICT (Ana Ribeiro), entregue pelo Magnífico Reitor da UEM (Prof. Dr. Orlando Quilambo)

Primeiro número do “Investigação Agrária para o Desenvolvimento com a África de Língua Portuguesa”

Foi lançado, ontem, em Maputo, diante do Embaixador de Portugal em Moçambique e durante o Workshop SKAN “Parcerias entre Moçambique e Portugal nos sectores agrícola, alimentar e florestal”, co-organizado pelo IIAM, UEM, IICT, INOVISA e FAO, 1º número do Boletim Informativo do Investigação Agrária para o Desenvolvimento com a África de Língua Portuguesa, editado pelo IICT, e que relata as suas actividades mais recentes de investigação para o desenvolvimento. Tendo como particular enfoque as parcerias com a África de Língua Portuguesa, estas colaborações estendem-se ao Benim, África do Sul, FARA e outras organizações sub-regionais.

Programas, projectos, parcerias, estado da arte… Descarregue, leia, comente, questione, colabore connosco, apoie-nos.

6Jornal_UNL