Continua o Levantamento de competências para a inovação dos sistemas agrários em Angola: Projecto Desenvolvimento de arroz em Angola

Teve lugar de 8 a 10 de novembro, no Campus da Chianga, na Província do Huambo, o Workshop de Levantamento de Competências Necessárias à Inovação dos Sistemas Agrários na parceria de inovação: Projecto de desenvolvimento do Arroz em Angola, no âmbito do projecto CDAIS– Desenvolvimento de Competências para a Inovação dos Sistemas Agrários.

O projecto CDAIS pretende contribuir para a segurança alimentar, nutrição e agricultura sustentável e actua a três níveis: (1) a nível global, promovendo um mecanismo global de partilha, coordenação e avaliação de competências para o desenvolvimento, (2) a nível nacional, estimulando a coordenação de políticas e planos nacionais para apoiar os sistemas de inovação agrária, e (3) a nível local, apoiando parcerias de inovação, seleccionadas de acordo com critérios gerais e específicos e validados por actores chave dos sistemas agrários nacionais.

Nesta acção, participaram 11 actores do sector da agricultura local, a nível da produção, comercialização, extensão rural (IDA e ADRA), investigação (IIA) e academia (FCA). Os trabalhos do workshop decorreram sob a orientação dos 3 facilitadores nacionais de inovação, treinados pelo projecto e acompanhados pelo ponto focal da Agrinatura.

2016-11-09-13-50-552016-11-10-11-59-16

Pretendeu-se proceder à identificação das competências necessárias à inovação dos sistemas agrários, na parceria do arroz, para formular um Plano de Acção de desenvolvimento de competências, a implementar junto desta parceria. Uma das primeiras acções, identificadas pelos actores presentes, será a criação do mecanismo de coordenação da parceria.

O projecto CDAIS é uma parceria global, financiada pela União Europeia e implementada conjuntamente pela Agrinatura, um consórcio de 31 universidades europeias que funciona como o órgão técnico da União Europeia na área da agricultura para o desenvolvimento, a FAO, Organização para Agricultura e Alimentação, das Nações Unidas e o Instituto de Investigação Agronómica, em representação do Ministério da Agricultura de Angola.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s